Mercado Financeiro

Unidades federativas exportadoras de carne de frango no 1º semestre

Os dados consolidados da SECEX/ME relativos aos embarques de carne de frango segundo as Unidades Federativas exportadoras apontam que o Paraná encerrou o primeiro semestre do ano na liderança absoluta do setor, com praticamente 40% do volume embarcado e quase 39% da receita cambial do período

Mantendo a segunda colocação, Santa Catarina se encontra agora muito mais próxima do Paraná. Porque, por exemplo, comparativamente ao aumento de 15,5% no volume exportado pelo Paraná, Santa Catarina acusa expansão próxima de 75%.

Neste caso, porém, está claro que a expansão catarinense resulta muito mais de mudanças na sistemática de contabilização dos dados pela SECEX/ME do que, propriamente, pelo aumento significativo do volume embarcado.

Em outras palavras, há indicações de que, independente da UF exportadora, parte dos embarques agora vem sendo agrupada segundo as empresas exportadoras, cujas líderes se encontram em Santa Catarina. E isso ajuda a explicar, também, as sensíveis quedas observadas em estados como Rio Grande do Sul, Goiás, Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.

Em decorrência da nova sistemática, a participação da Região Sul nas exportações de carne de frango – da ordem de 80% no fechamento de 2018 – sobe agora para, aproximadamente, 87%.

A registrar, também, que em função da adoção de nova sistemática, há exportações cuja origem não pôde ser identificada pela SECEX/ME, destacadas com um asterisco (*) na tabela abaixo.

Unidades federativas exportadoras de carne de frango no 1º semestre 1

Fonte: Avisite

Etiquetas
Continuar lendo

Comente esta matéria

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar