Os preços de trigo no Brasil registram comportamentos distintos entre as regiões acompanhadas pelo Cepea

Enquanto no Sul a demanda interna sustenta e/ou valoriza o cereal, no Sudeste, a necessidade de liberar armazéns pressiona as cotações.

Por outro lado, na Argentina e nos Estados Unidos os preços do trigo estão em alta. No país vizinho, o impulso vem da demanda exportadora mais ativa, que, inclusive, já vem gerando expectativa de maiores preços do cereal nos principais portos nos próximos meses.

Nos Estados Unidos, os valores do trigo estão em alta na CME Group, devido à previsão de clima seco para o sul das Grandes Planícies norte-americanas, região onde é cultivada boa parte da safra de inverno.

Fonte: Cepea

Veja também  Seca agrava perdas para o trigo do Paraná, diz Deral

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: