A carne suína segue se desvalorizando com força no mercado brasileiro, cenário que eleva a competitividade da proteína frente às principais concorrentes, bovina e de frango

Apesar das desvalorizações recentes das principais proteínas animais, a carne suína registrou as maiores quedas da média de fevereiro para a parcial de março (até o dia 14).

Na Grande São Paulo, a carcaça especial suína se desvalorizou 5,6%, com média de R$ 5,23/kg na parcial deste mês. No mercado de cortes, no atacado do estado de São Paulo, os principais produtos acompanhados pelo Cepea também se desvalorizaram. O preço médio do lombo neste mês, de R$ 8,86/kg, é 6,5% menor que o de fevereiro. Quanto ao suíno vivo, quase todas as regiões acompanhadas registraram desvalorizações.

Fonte: Cepea

Veja também  Ovos: Após bom desempenho no início do ano, exportações recuam

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: