As menores demandas doméstica e externa continuam pressionando os valores do animal vivo no mercado interno

Conforme colaboradores do Cepea, a procura por carne suína está enfraquecida no Brasil desde dezembro, levando frigoríficos a diminuir as compras de novos lotes de animais.

Na parcial de fevereiro (até o dia 21), o preço do vivo negociado na região SP-5 (Bragança Paulista, Campinas, Piracicaba, São Paulo e Sorocaba) teve média de R$ 3,53/kg, 8,1% inferior à de janeiro/18 (R$ 3,84/kg) e 29,7% abaixo da de fevereiro/17, em termos nominais.

Fonte: Cepea

Veja também  Suínos: Preço segue em queda e carne ganha competitividade

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: