No pregão desta quarta-feira (14), segue a estabilidade entre os futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago

As cotações, por volta de 8h (horário de Brasília), subiam pouco mais de 1 ponto, com o maio/18 sendo cotado a US$ 10,50 por bushel. O mercado internacional vem buscando ainda recuperar as baixas da última semana, porém, esbarram fatores que ainda limitam os preços.

“As conversas sobre a disputa comercial entre China e Estados Unidos continuam a percorrer o mercado”, diz o diretor de estratégia agrícola do Commonwealth Bank da Australia, Tobin Gorey, explicando que esse ainda é um assunto que pesa sobre as cotações.

Da mesma forma, algumas chuvas que começam a aparecer para a Argentina nos próximos dias também são consideradas, mesmo os traders sabendo que elas chegariam tarde demais para reverter as perdas já sentidas pela nova safra do país. Somente na soja, a quebra chega a 10 milhões de toneladas.

Por Carla Mendes

Fonte: Notícias Agrícolas

Veja também  Milho: Dólar dispara e eleva competitividade no Brasil

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: