Nesta sexta-feira (20), seguem recuando os futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago

Dando continuidade às baixas do pregão anterior, as cotações perdiam mais de 6 pontos entre os principais vencimentos. Assim, por volta de 8h20 (horário de Brasília), a posição maio/18 já era cotada a US$ 10,30 por bushel.

O recuo dos preços se estende também para os futuros do farelo de soja na Bolsa de Chicago, movimento que também pesa sobre os valores do grão. “As cotações – que estão abaixo da média móvel de 50 dias – chegaram a um nível crítico para encerrarmos a semana”, diz o analista de mercado Mike Mawdsley da First Choice Commodities ao Agrimoney.

Ainda de acordo com o executivo, os preços não ficavam abaixo dessa média desde janeiro de 2016, mesmo com a menor oferta que deverá vir da Argentina após a quebra da safra 2017/18.

Como também explicam analistas internacionais, uma alta observada no dólar frente à uma cesta de outras moedas internacionais contribui com as baixas da oleaginosa e das commodities de uma forma geral.

Em Chicago, os futuros do trigo perdem mais de 1% na manhã desta quinta-feira. Na Bolsa de Nova York, as soft commodities também trabalham em campo negativo.

Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas
Veja também  Soja: Segue estável em Chicago nesta manhã de 4ª feira

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: