Os preços da soja voltaram a recuar no pregão desta sexta-feira (13), começando a reagir aos últimos números do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) depois de fechar o pregão anterior com estabilidade e pequenos ganhos

 

Por volta de 9h (horário de Brasília), as posições mais negociadas recuavam pouco mais de 8 pontos, com o agosto/18 sendo cotado a US$ 8,25 por bushel. A exceção vinha com o julho/18, que subia 1,50 ponto, valendo US$ 8,31.

O mercado sente a pressão de um significativo aumento da safra americana e de seus estoques finais, ao mesmo tempo em que cortou as exportações dos EUA na safra 2018/19 em 5 milhões de toneladas.

Ao mesmo tempo, não se dissipa a pressão da guerra comercial entre chineses e americanos, sem um novo acordo no horizonte.

“Parece que essa será uma disputa longa e que seguirá endurecendo as exportações americanas de soja para a China, mesmo a nação asiática ainda necessitando de alguma oferta americana até o final do ano”, diz Phin Ziebell, agroeconomista do National Australia Bank.

Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas
Veja também  Café: Bolsa de Nova York opera com leve baixa nesta manhã de 2ª feira depois de forte alta

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: