Notícias

Soja: Mato Grosso puxa colheita no Brasil e registra alta produtividade

Colheita da soja também já começou no Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Goiás, Rondônia e até mesmo em pontos do Matopiba.

Os trabalhos de colheita da safra 2019/2020 da soja atingiram 4,2% da área plantada no Brasil. De acordo com a consultoria AgRural, a retirada do grão segue atrasada, já que no ano passado o avanço era de 13%.

Apesar das chuvas, os produtores de Mato Grosso seguem puxando o ritmo dos trabalhos no país. As produtividades reportadas neste início de colheita continuam altas.”Por enquanto não há queixas de qualidade e os produtores têm conseguido avançar com as colheitadeiras nos intervalos de tempo aberto. Além disso, as precipitações são favoráveis à produtividade das áreas plantadas mais tarde no estado”, disse a consultoria em relatório.

A AgRural informa que já há colheita no Paraná, São Paulo, Mato Grosso do Sul, Goiás, Rondônia e até mesmo em pontos do Matopiba, que compreende partes do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia. Mas as áreas já colhidas são pequenas e, devido ao atraso no plantio, as máquinas devem avançar com mais rapidez somente a partir de fevereiro.

Previsão do tempo

As previsões para os últimos dias de janeiro e os primeiros dias de fevereiro mostram chuvas intensas em grande parte das áreas produtoras do Brasil. Embora possam dificultar o avanço da colheita, essas precipitações são muito bem vindas e reforçam a expectativa de grande safra no país. A consultoria estima a produção de soja do Brasil em recordes 123,9 milhões de toneladas.

Para conferir a previsão do tempo em todo o Brasil, no período de 28 de janeiro a 03 de fevereiro, acesse: CLIMATEMPO.

Fonte: Canal Rural

Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo