Depois de bater na mínima de 1 ano na última sexta-feira (15), os futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago trabalham com estabilidade na manhã desta segunda-feira (18). O contrato julho/18 era negociado a US$ 9,03 por bushel, perdendo 2 pontos. As demais posições recuavam pouco mais de 1 ponto, lutando para se manterem acima dos US$ 9,00

 

A pressão sobre a commodity continua com a taxação da China sobre a soja norte-americana, entre outros produtos, anunciada na última semana. No entanto, para alguns analistas internacionais, a notícia estaria, ao menos parcialmente, precificada e espera agora pelos detalhes das tarifações.

O que os traders deverão acompanhar agora são as questões climáticas no Meio-Oeste americano e o desenvolvimento da safra 2018/19.

“Um dos pontos-chave da safra dos EUA serão as chuvas previstas para os próximos 10 dias, esperadas para serem generalizadas”,diz o World Weather.

Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas
Veja também  Café: Cotações do arábica voltam a cair nesta tarde de 5ª em NY

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: