Secretaria está elaborando Planos de Irrigação e Barramento e de Piscicultura

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec) realiza em Sorriso, de 06 a 08 de outubro, um encontro para avaliar e discutir o uso eficiente e sustentável da água na agricultura e piscicultura. O evento é feito em conjunto com a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente do município.

A ação faz parte do processo de construção do Plano Estadual de Irrigação e Barramento e do Plano Estadual de Piscicultura. “O encontro tem como objetivo socializar as informações técnicas e práticas com o Grupo de Trabalho de Irrigação e Barramentos e analisar a realidade da região em relação ao uso da água”, afirma o secretário-adjunto de Agricultura Econômica da Sedec, Alexandre Possebon.

A programação inclui visitas técnicas em propriedades que fazem o uso da água para irrigação, barramento e piscicultura, e mesas redondas para discutir as legislações, necessidades e normas.

Haverá também uma apresentação sobre piscicultura pelo pesquisador Darci Carlos Fornari, doutor em zootecnia, da empresa GeneticFishRise.

As discussões têm a participação da Sedec, Secretaria de Estado Meio Ambiente (Sema), Secretaria de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários (Seaf), Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), Gabinete de Articulação e Desenvolvimento Regional (GDR), representantes das Secretarias de Agricultura e Meio Ambiente dos municípios de Sorriso, Lucas do Rio Verde e Primavera do Leste, e empresas da iniciativa privada.

Sorriso tem 12 mil hectares irrigados que corresponde a 18% de área irrigada do Estado. O município produz, por ano, 21,5 mil toneladas de peixe de água doce, sendo o maior produtor de Mato Grosso.

A Sedec criou um grupo de trabalho composto por representantes do poder público e iniciativa privada para elaborar o Plano Estadual de Irrigação e Barramento e o Plano Estadual de Piscicultura.

O GT de Irrigação e Barramentos visitou recentemente o assentamento Santo Antônio da Fortuna, em Campo Verde, para conhecer o modelo empregado na irrigação em pequenas propriedades. O grupo também foi à Cristalina (GO) e Unaí (MG), municípios com extensa área de irrigação, para conhecer a estrutura utilizada em grandes propriedades.
DAYANNE SANTANA
Assessoria/Sedec-MT

Deixe uma resposta