Mercado FinanceiroNotícias

Receita cambial: receita da carne bovina encosta na de frango

Mantendo a sexta posição na lista dos 10 principais produtos exportados pelo Brasil entre janeiro e outubro de 2019, a carne de frango se encontra, também, entre os cinco produtos cuja receita cambial aumentou neste ano

Assim, os US$5,183 bilhões apontados pela SECEX/ME representam aumento de 6% sobre o mesmo período de 2018, tendo contribuído com 2,8% da receita cambial brasileira – um índice de participação quase 14% superior ao de um ano atrás.

Vale notar, entretanto, que os resultados da exportação de carne bovina vêm evoluindo numa velocidade bem superior aos da carne de frango. Pois sua receita cambial, próxima de US$4,880 bilhões, aumentou quase 10% nestes dez meses e elevou sua participação na pauta para 2,63% do total, aumento de mais de 17% em relação ao registrado entre janeiro e outubro de 2018.

Em outras palavras, a carne bovina, décimo produto da pauta em 2018, neste ano já saltou para a sétima posição e, por ora, acumula receita cambial equivalente a 94% da receita da carne de frango. Isto dá mostras da valorização do produto no mercado internacional, só superada no momento pela valorização da carne suína que (como mostra a tabela abaixo, na questão do complexo carnes) acumula quase 30% de aumento na receita cambial.

Aliás, junto com o milho (cuja receita aumentou 126%), as carnes (com aumento de quase 10%) minimizam as perdas enfrentadas pelos produtos básicos, cuja receita no período recuou mais de 2%, caindo de US$99,424 bilhões para US$97,459 bilhões.

Receita cambial: receita da carne bovina encosta na de frango 1

Por AGRONEWS BRASIL Fonte: Avisite

Etiquetas
Continuar lendo

Comente esta matéria

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar