Altas significativas do grão e de farelo e queda nas cotações de óleo.

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na quinta-feira (18.01) alta de 4,25 centavos de Dólar no contrato de Março/18 (referência para o Brasil), fechando em US$ 9,8425 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com valorizações entre 4,25 e 4,75 pontos.

O mercado norte-americano da soja registrou voltou a registrar ganhos nos preços dos principais contratos futuros, após a calmaria do dia anterior. A T&F Consultoria Agroeconômica aponta que Chicago teve novamente altas significativas do grão e de farelo e queda nas cotações de óleo.

“Com as atenções ainda fortemente voltadas para a Argentina, o mercado futuro de soja [continua] a encontrar apoio. A esta altura o mercado já considera a possibilidade de uma safra de soja argentina abaixo de 50 milhões de toneladas, muito abaixo da última estimativa do USDA de 56 milhões de toneladas, e dos números do mercado de 52m-54m toneladas”, comenta o analista Luiz Fernando Pacheco.

Ainda segundo o analista da T&F Consultoria Agroeconômica, “as cotações do grão voltaram a subir para soja e farelo, estabelecendo um novo patamar, basicamente impulsionadas pelo farelo. Por isso, a sessão fechou com fortes recomendações de compra”.

De acordo com a Consultoria AgResource, em Chicago ontem as cotações da soja operaram em alta nas considerações técnicas. “Fundos de investimento possuem a tendência de adicionar novas compras de curto-prazo, que têm sustentado os preços dos futuros”, comentam os analistas da ARC.

Fonte: Agrolink

Veja também  Soja: Chicago têm leves altas nesta 3ª buscando se ajustar após últimas quedas

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: