O governador Pedro Taques e o secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo Duarte, inauguraram o primeiro trecho de construção da MT-170, que liga Cotriguaçu a Juruena. A obra faz parte do programa Pró-Estrada, que já entregou mais de 550 quilômetros desde o seu lançamento.

A obra em Cotriguaçu vai transformar a vida das quase 20 mil pessoas que moram no município, isso porque Cotriguaçu é uma das cidades do interior de Mato Grosso que não tem ligação asfáltica.

A pavimentação vai transformar, por exemplo, a vida do agricultor Danilo Borchetti, que mora há 15 anos em uma fazenda à beira da MT-170. Ele conta que comprou a propriedade sabendo que um dia o asfalto chegaria, mas não esperava que fosse demorar tanto tempo.

Nos meses de seca era um poeirão só por aqui. A gente mora muito próximo à rodovia e cada caminhão que passava por aqui era um sofrimento, por conta da poeira”, lembrou.

Para ele, o Governo está no caminho certo. O morador aproveitou para cobrar a ligação asfáltica também entre Juruena e Castanheira, por meio da BR-174, que é de responsabilidade do Governo Federal e que o Estado, através da Sinfra, trabalha para que o lote que liga as duas cidades seja retomado brevemente.

“É uma ação muito importante para nós. Precisamos também da ligação entre Juruena e Castanheira. Contamos com o governador e temos fé que vamos ter mais pavimentações”, disse ele.

Em sua fala no evento de inauguração, o governador Pedro Taques destacou que até o fim do ano a pavimentação deve ligar Cotriguaçu a Juruena. “Nós sabemos a importância da pavimentação asfáltica para o povo de Cotriguaçu. Cientes disso, nós vamos fazer a ligação desta MT cruzando a cidade. Inicialmente, vamos pavimentar dois quilômetros até o lago. Em seguida, ligamos a cidade de ponta a ponta, finalizando os 4,9 quilômetros”, afirmou Taques.

Veja também  Colheita de soja atinge 99,18% da área em MT, diz Imea

O governador avalia que não é possível que o município conviva com a poeira da seca e a lama do período de chuva. “Estrada também significa saúde e qualidade de vida para os moradores de Cotriguaçu”, avaliou.

Marcelo Duarte, por sua vez, destacou a qualidade do trabalho entregue à população. Segundo ele, a Sinfra já trabalha na viabilização de recursos para a construção de três pontes que estão ao longo dos 60 quilômetros da MT-170, entre Cotriguaçu e Juruena.

Sobre a BR-174, Marcelo destacou que será construída através de um convênio com a União. “Quando anunciaram a obra, fizeram muito alarde. Fizeram licitação de forma errada e quase perdemos os recursos. Já conseguimos retomar o convênio e estamos buscando as licenças ambientais para a execução. Sem elas, não há como iniciar a pavimentação”, declarou.

Marcelo diz ainda que o Governo se empenha para fazer com que a obra se torne realidade, por conta da importância que tem para a região Noroeste. “O nosso governo é de compromisso. Nós cumprimos o que prometemos”.

Mais ações

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Agricultura Familiar e Assuntos Fundiários (Seaf), investe para revitalizar a cafeicultura em Mato Grosso. Só em Cotriguaçu, os recursos investidos pelo Estado somam R$ 124,6 mil. Os investimentos beneficiam diretamente o pequeno produtor.

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria de Estado das Cidades (Secid), formalizou convênio para a recuperação das vias públicas do município de Cotriguaçu. No total, R$ 2,3 milhões foram destinados para obras de pavimentação urbana, iluminação, implantação de academia ao ar livre, construção de praça, centro de eventos, revitalização do lago central e ampliação de quadra poliesportiva.

O município de Cotriguaçu já recebeu R$ 2,5 milhões do Fethab. ‘Os investimentos do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES), garantem repasses mensais de mais de R$ 70 mil para Cotriguaçu. Em 2016, o município já recebeu no Fundo Municipal de Saúde R$ 566.590,22.

Veja também  Tereza Cristina diz, tabela do frete deveria cair porque prejudica a classe produtora

 

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.