No decorrer do ano passado os volumes de ovos comerciais exportados deixaram a desejar e foram direcionados para apenas três países

O Emirados importou 3,494 milhões de dúzias e reduziu suas importações em 55,7%. O Japão reduziu suas compras em 50,3% e adquiriu 1,076 milhão de dúzias. Guiné Equatorial adquiriu 61 mil dúzias no último mês do ano passado.

No ano anterior (2016) diversos outros países como Congo, Bolívia, Libéria, Bahrein, Tonga, Arábia Saudita, também adquiriam o produto brasileiro.

Além deles, em anos anteriores, diversos outros países já compraram o produto brasileiro, mas não tiveram continuidade. Alguns deles: Angola, Comores, Rep.Dom.Congo, Serra Leoa, Chile, Cuba, Estados Unidos, Guatemala, Paraguai, Uruguai, Hong Kong, Maldivas.

Qual a dificuldade para que o país se torne grande exportador do produto e as empresas mantenham os clientes nos diversos países que já adquiriram o produto brasileiro?

Fonte: Avisite

Veja também  Frango: Com maior oferta, preço dos cortes recua

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: