EspecialistasNotícias

Óleo essencial da casca de laranja beneficia lavouras no Brasil

Amplamente utilizado pelas indústrias farmacêutica e de cosméticos, o óleo essencial da casca de laranja também proporciona inúmeros benefícios nas lavouras, otimizando a aplicação de agroquímicos e ajudando a elevar a produtividade

Diferente de óleos minerais e outros subprodutos do refino do petróleo, como os siliconados, o óleo essencial da casca de laranja é naturalmente assimilado pelas plantas, sendo rapidamente absorvido por elas, sem danos à camada cerosa.

Desta forma, gera-se uma translocação rápida para os sítios de ação dos herbicidas, fungicidas, acaricidas ou fertilizantes foliares misturados à calda de pulverização, atuando, também, como um grande aliado do Manejo Integrado de Pragas (MIP).

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Um estudo conduzido pela Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, durante dois anos, confirmou que 15 minutos após uma aplicação o glifosato foi totalmente absorvido e translocado para toda a extensão da folha e, posteriormente, a toda a planta, com destaque para as raízes, mesmo que chova após este período. Veja o comparativo na figura.

Mas não somente nos centros de pesquisa os resultados aparecem, milhares de agricultores, em todo o Brasil, já comprovam a eficácia do óleo essencial da casca de laranja. E, além de tudo isso, a substância não altera o pH da água, como pode acontecer com os adjuvantes siliconados comuns ou subprodutos à base de petróleo.

Outro diferencial importante é que a altíssima capacidade de homogeneização impede a obstrução dos filtros e bicos das pontas do pulverizador. O produtor não precisa interromper a pulverização para fazer a manutenção do equipamento, reduzindo também os custos do processo.

O óleo essencial é extraído da casca de laranja durante extração do suco, em um processo realizado sem a utilização de produtos químicos. É considerado um produto nobre nas indústrias farmacêutica, alimentícia e cosmética, devido às aplicações antibacterianas, antioxidantes, antifúngicas e inseticidas atribuídas a ele.

Isso porque, diferente do D-Limoneno, subproduto do bagaço utilizado pela indústria, principalmente, como solvente, o óleo essencial da casca de laranja utilizado nas lavouras e pastagens possui mais de 100 compostos naturais.

“Importante não confundir o óleo da casca da laranja com produtos elaborados a partir do D-limoneno, que vão possuir apenas o aroma e a cor característicos”, adverte Fernando de Pieri Prando, gerente nacional de vendas da Oro Agri, multinacional cuja filial sul-americana é estabelecida em Arapongas (PR).

Segundo ele, é a integridade de compostos a responsável pelos diferenciais desta matéria-prima. Uma curiosidade interessante, conta Prando, é que os efeitos do óleo da casca de laranja na agricultura foram descobertos por acidente.

E quem descobriu foi o próprio fundador e, hoje, CEO da Oro Agri, Erroll Pullen, em 2002. O empresário sul-africano detém a patente do óleo da casca da laranja na agricultura e pecuária. Oro Agri é um acrônimo para Orange Oil for Agriculture ou Óleo de Casca de Laranja para Agricultura, traduzido para o português.

=> Mais informações sobre o óleo essencial da casca de laranja podem ser obtidas clicando neste link.

AGRONEWS BRASIL – Informação para quem produz

ABRALEITE
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo