Especialistas

Tudo sobre o consumo de ovos no desenvolvimento ósseo da criança

O aleitamento materno é fundamental para o desenvolvimento do bebê nos seis primeiros meses de vida, pois proporciona todos os nutrientes necessário nesta fase.

A partir do 6º mês, novos alimentos são introduzidos de forma gradual e expõe o bebê a novos sabores e novas texturas que se modificam até que as refeições sejam as mesmas para toda a família.

O ovo é um alimento que faz parte da rotina do bebê a partir do 6º mês e colabora para atender as novas necessidades deste ser em crescimento(3**). Proteína, colina, luteína e zeaxantina, ácidos graxos poli-insaturados, vitaminas lipossolúveis como a vitamina D são encontrados no ovo.

O engatinhar, o caminhar, as brincadeiras e atividade física que são práticas progressivas relacionadas a idade da criança promove impacto e favorece o aumento da massa óssea (4). Assim, a prática de exercício físico e boa alimentação no período pode reduzir o risco de osteoporose em idades mais avançadas.

Quando o assunto é alimentação, é importante que seja equilibrada, que contenha verduras, legumes, frutas e alimentos fonte de proteína como o ovo. Este incrementa a alimentação com nutrientes como vitamina D, cálcio, magnésio que são nutrientes que participam da formação óssea.
Dois carotenoides presentes no ovo – a luteína e zeaxantina, tem ação antioxidante e combatem radicais livres e o que se verificou in vitro é que a luteína estimula a formação do osso e suprime os osteoclastos, células responsáveis pela reabsorção óssea.

Já Coheley et al, em um estudo transversal avaliaram se a ingestão de ovos estava associada à força dos ossos corticais e os biomarcadores de renovação óssea em crianças saudáveis. Avaliaram também o tecido magro livre de gordura e sua relação entre o consumo de ovo e osso. O que verificaram é que existem evidências positivas entre o consumo de ovos e osso cortical entre crianças saudáveis neste estudo.

O ovo possui alguns componentes que podem atuar no desenvolvimento ósseo como a leucina, que promove a síntese de massa muscular e pode desta forma atuar de forma positiva na manutenção do osso. Possui vitamina D, vitamina A, cálcio, magnésio, zinco que são nutrientes fundamentais para a formação óssea.

É sabido que a associação de pratica de exercício físico / recreacional a alimentação equilibrada com o consumo do ovo pode favorecer um melhor desenvolvimento músculo esquelético e garantir uma vida mais saudável.

Sobre o Instituto Ovos Brasil

Entidade sem fins lucrativos – foi criado com a missão de expandir os conhecimentos sobre o ovo como uma fonte nutricional e seus benefícios especiais para a saúde. A entidade tem como um dos principais objetivos promover o produto “ovo” como um alimento saudável, de alto valor nutricional e seguro para consumidores de todas as idades e classes sociais.
Fundado em 2007, o Instituto Ovos Brasil tem atuação em todo território nacional. O Dia Mundial do Ovo é comemorado todos os anos na segunda sexta-feira do mês de outubro. O site da instituição reúne informações de qualidade e de credibilidade para o público em geral e profissionais de diversas áreas. Acesse www.ovosbrasil.com.br e saiba mais.

peixe br
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo