Os valores do milho seguem firmes no mercado interno, sustentados pela forte retração vendedora – conforme colaboradores do Cepea, apenas pequenos volumes têm sido disponibilizados para comercialização

Compradores, por sua vez, são obrigados a ceder nas negociações para repor estoques de curto prazo. No mercado internacional, agentes continuam atentos às lavouras na Argentina.

Entre 9 e 16 de março, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa (Campinas – SP) permaneceu praticamente estável (+0,07%), fechando a R$ 41,45/sc de 60 kg na sexta-feira, 16.

Fonte: Cepea

Veja também  Boi: Confinamento incerto diminui a procura por boi magro

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: