Após fechar o último pregão em baixa, os preços internacionais do milho registram leves recuperações no início dessa sexta-feira (08) na Bolsa de Chicago (CBOT)

As principais cotações apresentavam valorizações entre 1,50 e 1,75 pontos por volta das 09h04 (horário de Brasília). O vencimento março/19 era cotado a US$ 3,78, o maio/19 valia US$ 3,86 e o julho/19 era negociado a US$ 3,93.

Segundo análise de Bem Potter da Farm Futures, os preços do milho se recuperam com a expectativa positiva das notícias de oferta e demanda que o USDA irá divulgar nesta sexta-feira. O movimento se dá após queda de quase 1% na quinta-feira em algumas vendas técnicas com as preocupações comerciais dos EUA e da China em alta.

Antes do relatório de Previsão de Demanda Agrícola Mundial (WASDE) de hoje os analistas esperam que a agência reduza ligeiramente suas estimativas finais de 2018 para 14,532 bilhões de bushels por acre, abaixo das estimativas de novembro de 14,626 bilhões de bushels.

Conforme noticiado pela Agência Reuters, “a discussão de que Trump provavelmente não se encontrará com o presidente Xi está chamando a atenção do comércio e não há acordo provável na próxima semana”. Já para hoje, os participantes do mercado aguardam uma longa lista das previsões e estimativas de safra do Departamento de Agricultura dos EUA depois que os principais relatórios foram adiados devido à paralisação parcial do governo em 35 dias.

Por Guilherme Dorigatti/ Notícias Agrícolas

Deixe uma resposta