Diárias de Mercado

Milho: na Bolsa de Chicago, cotações caem nesta 5ª feira

A quinta-feira (31) começa com perdas para os preços internacionais do milho futuro na Bolsa de Chicago (CBOT)

As principais cotações registravam quedas entre 1,00 e 1,75 pontos por volta das 09h11 (horário de Brasília).

O vencimento dezembro/19 era cotado à US$ 3,89 com queda de 1 ponto, o março/20 valia US$ 3,97 com desvalorização de 1,75 pontos, o maio/20 era negociado por US$ 4,03 com perda de 1,50 pontos e o julho/20 tinha valor de US$ 4,08 com baixa de 1,75 pontos.

Segundo informações da Agência Reuters, os futuros de milho nos Estados Unidos caíram, embora as preocupações com novos atrasos na colheita tenham causado um prejuízo.

Analistas disseram que o ritmo lento da colheita americana continua sustentando os preços, embora seja provável que este impacto seja limitado, a menos que atrasos comecem a ameaçar seriamente os rendimentos.

“Existe alguma preocupação com o progresso da colheita, mas é difícil ver como isso muda os fundamentos. Há ampla oferta global”, afirmou Phin Ziebell, economista do agronegócio do National Australia Bank.

De acordo com Colin Packham da Reuters Sydney, espera-se neve e chuva em partes do cinturão de milho dos EUA, seguidas por temperaturas frias. “O tempo poderia continuar atrasar as colheitas de outono, depois das chuvas e das inundações históricas que impediram as plantações na primavera”, diz.

Por Guilherme Dorigatti/ Notícias Agrícolas

Etiquetas
Continuar lendo

Comente esta matéria

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar