Na manhã desta terça-feira (18), os futuros do milho negociados na Bolsa de Chicago (CBOT) testam ligeiras quedas. Por volta das 9h11 (horário de Brasília), as principais posições do cereal exibiam perdas entre 0,75 e 1,00 pontos. O vencimento dezembro/18 era cotado a US$ 3,47 por bushel, enquanto o março/19 trabalhava a US$ 3,59 por bushel. As cotações caminham para consolidar a segunda desvalorização consecutiva.

De acordo com informações das agências internacionais, as cotações são pressionadas negativamente pelo avanço da colheita do cereal nos Estados Unidos. Ainda ontem, o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) indicou a colheita em 9% no país, contra a média de 5% na semana anterior.

A perspectiva é que sejam colhidas 376,63 milhões de toneladas nesta temporada. Volume acima do apontado em agosto pelo USDA, de 370,51 milhões de toneladas. A produtividade subiu de 186,62 sacas para 189,65 sacas por hectare.

Milho: Em Chicago, mercado fecha pregão desta 2ª em campo negativo de olho na colheita nos EUA

Por: Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

Veja também  Café: Bolsa de Nova York cai mais de 250 pts nesta 3ª feira

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: