Após tocar os níveis mais altos em sete meses, os preços futuros do milho negociados na Bolsa de Chicago (CBOT) iniciaram a sessão desta quarta-feira (14) com leves quedas

As principais posições da commodity exibiam ligeiras perdas entre 0,50 e 0,75 pontos, perto das 8h20 (horário de Brasília). O maio/18 era cotado a US$ 3,91 por bushel, enquanto o julho/18 operava a US$ 3,99 por bushel.

O mercado continua sendo direcionado pelas preocupações com o clima na Argentina, terceiro maior exportador do cereal. Com a quebra na produção do país vizinho, os compradores se abastecem nos Estados Unidos, no curto prazo.

A Coreia do Sul adquiriu mais de 1 milhão de toneladas de milho na semana anterior. No acumulado dessa semana, o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) reportou três vendas de milho, totalizando 572,552 mil toneladas do grão.

Por Fernanda Custódiio

Fonte: Notícias Agrícolas

Veja também  Exportações brasileiras de milho ainda podem atingir recorde

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: