GeralGoverno de MT

Mato Grosso Saúde instala Conselho Fiscal com foco na transparência das atividades fiscais

No dia 24 de outubro aconteceu a primeira reunião do Conselho Fiscal do Mato Grosso Saúde, com a apresentação da autarquia aos novos conselheiros.

A presidente do Mato Grosso Saúde, Misma Thalita dos Anjos, apresentou as estratégias do Plano e ainda exaltou a importância do Conselho para os acompanhamentos das atividades financeiras da autarquia. “É de extrema importância este conselho para mostrar aos nossos beneficiários transparência no que tange a gestão das receitas e despesas do Plano”. 

Durante o encontro, foi apresentado o plano de assistência à saúde do servidor do Estado e seus avanços aos membros que puderam ter conhecimento de sua realidade. “Hoje o Plano resgatou a sua credibilidade junto à rede prestadora para atender aos seus quase 20 mil beneficiários”, enfatiza Misma. 

Sobre o atendimento dos prestadores credenciados ao Plano, Jorge Delocca, conselheiro convidado do Conselho Deliberativo, destaca a qualidade dos serviços prestados.

“Diferente do que muitos pensam, o Mato Grosso Saúde hoje têm em sua rede excelentes prestadores credenciados que entregam serviços de boa qualidade aos beneficiários, igual aos melhores planos particulares”. 

Outro ponto abordado foi a importância dos eventos de saúde realizados como estratégia e voltados ao resgate da credibilidade do Plano. 

“Em outubro, mês importante de alerta ao câncer de mama, por exemplo, levamos palestras a Secretaria de Infraestrutura e Logística (Sinfra), Controladoria Geral do Estado (CGE), e realizamos um grande evento na Casa Civil e postos itinerantes em outras secretarias. Isso, além de nos aproximarmos, faz com que os servidores vejam o Mato Grosso Saúde de forma diferente, de que o Plano está ali para cuidar de sua saúde”, destacou a presidente. 

Na ocasião também foi escolhido nome do presidente, que passa a ser Otair Rodrigues Rondon Filho, beneficiário e servidor da Casa Civil. “A obrigatoriedade do conselho é a de fiscalizar com relação aos investimentos, receitas e despesas do Plano”, ressaltou.

A reunião dos conselheiros deve acontecer de forma ordinária a cada quadrimestre. 

O Conselho 

O Conselho Fiscal do Mato Grosso Saúde é previsto na Lei Complementar Nª 539, de 18 de junho de 2014. 

Compõem o quadro de conselheiros seis membros titulares e quatro suplentes, sendo eles representantes do Governo do Estado, da Secretaria de Gestão e Planejamento (Seplag) e indicados pelo Fórum Sindical, representando os servidores públicos estaduais beneficiários do Plano.

Mato Grosso Saúde instala Conselho Fiscal com foco na transparência das atividades fiscais 2

Continuar lendo

Comente esta matéria

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar