A Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI) tem trabalhado na elaboração de ferramentas tecnológicas para facilitar a vida do cidadão.

Aplicativo MT Cidadão

Por meio de interações entre as diversas Secretarias e órgãos de Estado, foi possível agregar em um único aplicativo funcionalidades que permitem o acesso a uma série de serviços do Governo, com o objetivo de facilitar a vida da população, o MT Cidadão.

Com o aplicativo desenvolvido, o cidadão já pode acessar via smartphones e tablets informações e serviços do Instituto de Defesa Agropecuária (Indea-MT), como a consulta de dados da Guia de Transporte de Animais (GTA), por exemplo.

Basta clicar no link “Consultar dados da Guia de Transporte de Animais”, informar o número e série da GTA e escolher a opção “Consultar GTA”. O sistema apresenta na tela as seguintes informações: aglomeração/exportação, data de emissão, propriedade, grupo/espécie, produtor e situação.

Para o gerente de Unidade de Projeto de Software, Francisco Lauro de Campos Xavier, o aplicativo criado e elaborado pela MTI integra o processo de transformação vivenciado em Mato Grosso. Ele destaca ainda que a agilidade na busca por informações facilita a vida de quem depende do serviço.

“Vivemos em um mundo digital, onde o tempo do cidadão precisa ser cada vez melhor aproveitado. Para isso, temos a contribuição da tecnologia no dia a dia, o que torna o trabalho dinâmico e rápido”, explica Francisco ao pontuar que, com esse propósito, a MTI está desenvolvendo vários serviços, entre eles o do Indea, para serem utilizados no aplicativo MT Cidadão.

De acordo com o presidente da MTI, André Kompatscher, o uso de novas tecnologias de informação no âmbito da administração pública de Mato Grosso é uma preocupação constante da Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação. Prova disso foi a elaboração do aplicativo MT Cidadão, em 2015.

Veja também  Veterinários do Indea são capacitados em emergências sanitárias

O aplicativo pode ser baixado em qualquer plataforma (IOS e Android). “O objetivo é que o cidadão tenha acesso fácil e rápido para consultar as informações pertinentes”, ressalta Kompatscher.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: