Com a demanda interna ainda enfraquecida no setor avícola e agentes à espera da recuperação das exportações da carne, dados indicando redução no alojamento de pintos de um dia em fevereiro têm gerado certa expectativa no setor avícola

Isso porque uma menor oferta de animais para abate poderia resultar em reação dos preços internos do vivo e da carne, segundo pesquisadores do Cepea. Vale lembrar que esses valores estão em queda desde o início do ano, enquanto os custos de produção, especialmente os gastos com a ração, em alta. A Apinco indica que, em fevereiro/18, o alojamento caiu 13% frente ao mês anterior, para 484,5 milhões de cabeças, o menor número desde novembro de 2014.

Fonte: Cepea 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: