No final da terceira semana de janeiro (14 a 20, seis dias de negócios), pela primeira vez desde junho do ano passado, o referencial de preço básico do frango vivo comercializado no interior de São Paulo igualou-se ao praticado na mesma data, um ano antes. Ou seja: durante todo esse período os preços permaneceram nominalmente negativos em relação ao exercício anterior

Essa situação, porém, somente se cristaliizou após duas baixas consecutivas, na segunda e na terça-feira, o que significa que o mercado segue fraco e com a prática de preços abaixo desse referencial.

Com quatro baixas de cinco centavos em apenas 13 dias de negócios, o frango vivo paulista alcança, no momento, valor médio (cerca de R$2,60/kg) quase 1,6% inferior à média alcançada em janeiro de 2017 (aproximadamente R$2,65/kg).

Esse índice de redução, note-se, pode ser considerado ínfimo frente às reduções registradas entre junho e dezembro do ano passado, todas superiores a 10%. Mas irá aumentar até o final do mês – ainda que a cotação atual permaneça inalterada pelo restante do período.

Fonte: Avisite

Veja também  Melhores do agronegócio serão conhecidos em 17 de outubro

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: