De acordo com pesquisadores do Cepea, as cotações da carne de frango estão elevadas no mercado interno, impulsionadas pelo aquecimento das demandas interna e externa

 

A valorização dessa proteína, inclusive, tem superado os aumentos observados nos preços de carnes substitutas, como a bovina e suína, cenário que tem reduzido a competitividade do frango.

Sobre a procura externa, dados preliminares da Secex (que consideram os nove primeiros dias úteis de setembro) indicam que o volume diário de carne de frango in natura embarcada pelo Brasil supera em 26% o registrado em agosto. Caso esse ritmo se mantenha, o País pode fechar setembro apresentando bom desempenho nas exportações.

Fonte: Cepea

Veja também  Café: arábica opera com alta de mais de 150 pontos nesta 6ª em NY

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: