De acordo com a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), os embarques de carne de frango registraram um crescimento de 5% no período de janeiro a outubro deste ano em comparação ao mesmo período de 2015, totalizando um volume de 3,693 milhões de toneladas.

O aumento foi registrado apesar da retração de 4,5% nas exportações em outubro. Em nota, o vice-presidente de mercados da ABPA, Ricardo Santin, justificou a queda com alterações no ritmo de vendas para mercados da Ásia, como o Japão. Além disso, Santin também explicou que “houve recentemente a suspensão das exportações de produtos de cinco plantas para a China para ajustes documentais, o que impactou o saldo final do mês. Soma-se a isso, a ausência de embarques para a Venezuela, que em outubro de 2025 superaram 10 mil toneladas”.

O total das vendas em 2016 gerou uma receita de R$ 20,05 bilhões, valor 3,83% superior ao alcançado no mesmo período de 2015.

Outro destaque da ABPA foram as exportações de carne suína in natura, que totalizaram em outubro 53,2 mil toneladas, volume 21% superior ao alcançado no mesmo período do ano passado. No ano, foram embarcadas 527,3 mil toneladas. A receita foi de R$ 3,8 bilhões, segundo a Associação.

*Com informações da ABPA

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: