Mercado FinanceiroNotícias

Exportação de carne suína tem melhor ritmo neste início de fevereiro

Especialista aponta que resultados são positivos para a suinocultura neste começo de mês, apesar de redução do valor pago por tonelada

Especialista aponta que resultados são positivos para a suinocultura neste começo de mês, apesar de redução do valor pago por tonelada

De acordo com informações da Secretaria de Comércio Exterior (Camex) do Governo Federal, divulgadas nesta semana, as exportações de carne suína fresca, congelada ou resfriada na primeira semana de fevereiro melhoraram em ritmo no comparativo à última semana de janeiro.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Segundo o analista da SAFRAS & Mercado, Fernando Iglesias, apesar de ter havido um recuo no valor pago por tonelada, nas médias diária de volume e faturamento, o resultado foi positivo.

“Vale lembrar que, quando se compara com o mês de fevereiro do ano passado, foi um período de problemas logísticos, quando os contêineres iam, mas não voltavam da China”, disse.

O faturamento por média diária no início de fevereiro foi de US$ 9.496,280, quantia 19,30% maior do que fevereiro de 2020. No comparativo com a semana anterior, houve alta de 38,4%.

Leilão online: Empresa em MT inova com transmissão ao vivo e interatividade

No caso das toneladas por média diária, foram 3.912,946, avanço de 21,18% no comparativo com o mesmo mês de 2020. Quando comparado ao resultado no quesito da semana anterior, observa-se aumento de 40,25%.

Já o preço pago por tonelada, US$ 2426,887 nos cinco dias úteis do mês, é 1,55% inferior ao praticado em fevereiro passado. O resultado, frente ao valor praticado na semana anterior, representa queda de 1,30%.

A receita obtida com as exportações de carne suína nos cinco dias úteis de fevereiro, US$ 47.481,402, representa 33% do montante obtido em todo o mês de fevereiro de 2020, que foi de US$ 143.279,025. No caso do volume embarcado, as 19.564,73 toneladas são 33,6% do total exportado em fevereiro do ano passado, um total de 58.121,971.

Fonte: Acrismat

AGRONEWS – Informação para quem produz

ALMT - Fake News
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo