Notícias

Estado de São Paulo terminará o ano de 2020 com temporais

São Paulo vai terminar 2020 com temporais

São Paulo vai terminar 2020 com temporais

No domingo, 27 de dezembro, a presença de um cavado meteorológico reforça as instabilidades no estado de São Paulo. Este sistema ajuda a estimular a formação das nuvens carregadas, portanto, o alerta é para temporais.

Siga-nos no facebook e instagram

A chuva tende a acumular grandes volumes em um curto período de tempo, o que pode ocasionar transtornos à população. Há risco de raios e de rajadas de vento de 50 a 70km/h.

Nas áreas entre Sorocaba, Itapetininga, Bauru e Presidente Prudente (entre o sul, centro e oeste do estado), o sol ainda consegue aparecer forte pela manhã, esquenta e as pancadas de chuva acontecem a partir da tarde. Estas áreas também ficam em alerta para temporais!

Condições para temporais seguem altas na última semana do ano
Com a mudança no padrão de circulação atmosférica, a tendência é de uma semana bastante instável no estado de São Paulo. Até o fim de 2020, a expectativa é de vários temporais no estado, inclusive na capital paulista.

A Climatempo alerta para fortes pancadas de chuva, que acumulam volumes elevados em curto período, raios, granizo e fortes rajadas de vento. A ocorrência de tempo severo pode ocasionar em alagamentos/enchentes, deslizamentos de terra, destelhamento de imóveis e queda de árvores e postes.

Até o dia 31 de dezembro, os maiores acumulados de chuva (que variam de 50 a 150 mm), são esperados para a Grande São Paulo, o Vale do Paraíba, o Litoral Norte, a região de Campinas e o centro-norte do estado.

Mesmo com a chuva, o sol vai aparecer ao longo da semana e o ar vai seguir abafado em praticamente todas as áreas.

Virada do ano

No último dia do ano, uma nova frente fria vai chegar ao estado e vai reforçar ainda mais as instabilidades. A chance de chuva na virada para 2021 é grande no litoral e na capital de São Paulo e, além da chuva, as temperaturas voltam a diminuir.

Por Climatempo

AGRONEWS BRASIL – Informação para quem produz

ABRALEITE
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo