MAPANotícias

Equipe do Programa Nacional de Vigilância da Febre Aftosa adia retirada da vacina

Uma nova avaliação está prevista para o final do primeiro semestre de 2021

Uma nova avaliação está prevista para o final do primeiro semestre de 2021

Departamento de Saúde Animal da Secretaria de Defesa Agropecuária, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), promoveu, de forma virtual, na última sexta-feira (17), a 8ª Reunião da Equipe Gestora Nacional (EGN) do Plano Estratégico do Programa Nacional de Vigilância da Febre Aftosa (PE-PNEFA). A análise sobre os elementos e indicadores apresentados na reunião indica que, apesar do empenho dos estados para avançar no Plano Estratégico, o cenário de evolução conjunta ainda não se mostra adequado em nenhum dos blocos para a suspensão da vacinação contra a febre aftosa de forma segura.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Nesse contexto, a decisão adotada foi a manutenção da vacinação contra a febre aftosa em 2022 nos Blocos II (AP, PA, RR e parte do AM), III (AL, CE, MA, PB, PE, PI e RN) e IV (BA, DF, ES, GO, MG, MS, MT, RJ, SE, SP e TO).

“A definição sobre a perspectiva de evolução dos Blocos II, III e IV é de extrema importância para o PNEFA, de forma a programar a disponibilidade de vacina contra a febre aftosa necessária para o ano de 2022, uma vez que o estoque para 2021 já está disponível”, explica o diretor do Departamento de Saúde Animal, Geraldo Moraes.

Conforme previsto no PE-PNEFA, é possível o avanço independente de estados, ou de grupos de estados, mediante apresentação de proposta de viabilidade técnica e econômica, para validação pelo Mapa. Nova avaliação está prevista para o final do primeiro semestre de 2021.

Participaram da reunião representantes do Departamento de Serviços Técnicos (DTEC/SDA/MAPA), Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (ABIEC), Associação Brasileira de Frigoríficos (ABRAFRIGO), Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Associação Brasileira de Reciclagem Animal (ABRA), Associação Brasileira dos Produtores de Leite (ABRALEITE), Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Saúde Animal (SINDAN). Na condição de convidados participaram os presidentes das Comissões de Coordenação dos Grupos de Estados do Bloco I, III e IV.

A reunião da Equipe Gestora Nacional ocorreu após a realização, nos meses de novembro e dezembro desse ano, de reuniões virtuais com todos os cinco Blocos do PE-PNEFA, momento em que foi avaliado o nível de implantação das ações do Plano Estratégico em cada unidade da Federação, com participação dos setores público e privado e membros da EGN.

AGRONEWS BRASIL – Informação para quem produz

ABRALEITE
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo