O 2° dia de Campo da Integração Lavoura-Pecuária-Floresta e Agricultura de Baixa Emissão de Carbono e Bioma Pantanal Matogrossense em Cáceres será realizado na sexta-feira (4). O evento será no campo experimental do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT) e é destinado aos agricultores, pecuaristas, silvicultores, estudantes, pesquisadores e profissionais vinculados ao agronegócio.

Os interessados em participar do dia de campo, poderão se inscrever no local do evento a partir das 7h. As inscrições são gratuitas. A abertura será ás 7h40 com o diretor geral do IFMT de Cáceres, Milson Serafim e com a participação de representantes da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso (Sedec) e da Embrapa.

O campo experimental do IFMT é uma das Unidades de Referência Tecnológica (URT) acompanhada pela Embrapa Mato Grosso.

Programação

A programação do evento contará com apresentações, palestras e circuitos das estações de campo.

A primeira atividade será uma apresentação do Centro das Indústrias Produtoras e Exportadoras de Madeira do Estado de Mato Grosso (Cipem), feita pelo analista da instituição, Felliphe Costal. Na sequência o pesquisador da Embrapa Flávio Wruck e o professor do IFMT Arthur Chaves farão uma palestra sobre histórico, características e perspectivas das espécies florestais implantadas na URT ILPF do IFMT.

Logo após, os participantes serão divididos em três grupos para percorrer o circuito das estações de campo.

Na estação sobre componente florestal, Fausto Takizawa, presidente da Arefloresta-MT, fará uma explicação sobre a importância de plantações de árvores e mostrará como está o cenário atual do setor de florestas plantadas. Haverá ainda palestra sobre o programa de desenvolvimento Florestal Sustentável para Mato Grosso, feita pela Sedec.

Em outra estação os professores do IFMT Carlos Barbosa e Roney Arruda falarão sobre o manejo de pastagem e ambiência animal. Na sequência haverá uma apresentação com Valter Peters, da Embrapa Produtos e Mercado, sobre as novas opções de materiais forrageiros lançados pela Embrapa.

Veja também  Especialistas comentam polêmica queda do consumo de feijão no Brasil

Em uma terceira estação haverá mais duas palestras. O professor Juberto Sousa falará sobre o potencial de solos do Pantanal para implantação de sistemas de ILPF e o também professor do IFMT Felipe Neto abordará o manejo de poda no componente florestal da ILPF.

Apoio

O 2º Dia de Campo em Cáceres é realizado pelo IFMT, Embrapa e Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico. O evento conta com apoio de diversos parceiros e patrocínio da Rede de Fomento à ILPF, grupo formado pela Cocamar, Dow Agrosciences, John Deere, Parker Schaeffler, Syngenta e Embrapa para fomentar a transferência de tecnologia sobre sistemas integrados de produção em todo país.

A integração lavoura-pecuária-floresta é um dos pilares do Plano ABC, programa de metas criado pelo Governo Federal para redução das emissões de gases de efeito estufa na agricultura.

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.