Mercado Financeiro

Embarques de carne de frango de novembro registraram aumento anual de quase 3,5%

Comparativamente aos resultados semanais divulgados pela SECEX/ME no decorrer do mês passado, as exportações de carne de frango in natura de novembro ficaram bem aquém do projetado

No penúltimo resultado parcial, relativo ao acumulado nos dois primeiros decêndios do mês, eram estimados embarques da ordem de 344 mil toneladas. Mas o resultado final apontou pouco mais de 324 mil toneladas do produto in natura, volume indicativo de que a média diária dos últimos seis dias úteis de novembro foi a mais fraca do mês.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

De toda forma, o volume alcançado representou aumento de quase 3,5% sobre novembro de 2019 e de mais de 9% sobre o mês anterior. Neste caso, porém, é oportuno lembrar que, aparentemente, embarques realizados no final de outubro só foram contabilizados em novembro. Assim, o índice de expansão registrado pode ter sido menor.

Aparentemente, também (porque os dados são preliminares), após quatro meses de alta moderada o preço médio obtido voltou a cair, retrocedendo aos níveis de julho passado. O valor registrado em novembro representou redução de pouco mais de 2% sobre o mês anterior e de quase 17% sobre novembro de 2019.

Nesse cenário, a receita cambial de novembro sofreu recuo anual pouco superior a 14%. Em relação a outubro passado foi registrado aumento próximo de 7%. Esse índice, porém, pode ter sido menor se aceito que os embarques daquele mês foram maiores.

Alterações mensais efetuadas pela SECEX/ME em dados de meses anteriores ou, mesmo, do ano anterior, têm dificultado a interpretação correta dos resultados acumulados nos 11 primeiros meses de 2020. De toda forma, os dados do próprio órgão relativos ao período janeiro-outubro somados aos resultados preliminares de novembro indicam redução próxima de 1% no volume embarcado no ano e queda superior a 13% no preço médio. Em consequência, a receita do período sofreu queda de 14,20%.

Fonte: Avisite

AGRONEWS BRASIL – Informação para quem produz

peixe br
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo