Diárias de Mercado

Embarques de cafés diferenciados representam quase 20% do total exportado em 2019

Os embarques de cafés diferenciados [aqueles que têm qualidade superior ou algum tipo de certificação sustentável] alcançaram 7,5 milhões de sacas em 2019, representando 18,6% do total embarcado no ano passado e avanço de 21,2% em relação ao volume exportado no ano civil de 2018, apontam dados do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé).

A receita cambial dessa modalidade no acumulado de 2019 foi de US$ 1,2 bilhão, correspondendo a 23,6 % do total gerado com os valores da exportação de café. O preço médio dos cafés diferenciados ficou em US$ 159,19.

Os 10 maiores países importadores de cafés diferenciados representam 80,3% dos embarques com diferenciação. Os Estados Unidos são o país que mais recebe cafés diferenciados do Brasil, com 1,9 milhão de sacas exportadas, o que corresponde a 24,8% das exportações da modalidade. A Alemanha ficou em segundo lugar, com 934,6 mil sacas exportadas (12,4%), seguida pelo Japão, com 824,3 mil (10,9%), Itália, com 742,5 mil (9,8%), Bélgica, com 631,9 mil (8,4%), Canadá, com 293,3 mil (3,9%), Reino Unido, com 224,8 mil (3%), Suécia, com 208,3 mil (2,8%), Finlândia, com 183,1 mil (2,4%); e Espanha, com 142,2 mil (1,9%).

Fonte: DATAGRO

ABRALEITE
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo