Pecuarista há 32 anos e médico cardiologista, o dr. Nabih Amin El Aouar é o novo presidente da Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB) – gestão 2018/2020.

“A nova gestão à frente da ACNB não mudará o que já é feito em prol da raça, mas queremos aprimorar e ampliar os trabalhos. Vamos apoiar o Ranking Nacional, incentivar os Julgamentos a Campo, fortalecer ainda mais o Circuito Boi Verde, trabalhar pela valorização do Programa de Qualidade Nelore Natural, fortalecer a Universidade do Boi e da Carne e fomentar os eventos da entidade, como a Expoinel e a Nelore Fest. Pretendemos avançar em termos de representatividade, contribuindo para dar ao Nelore a relevância que a raça merece na pecuária nacional e chegando à mesa dos brasileiros”, ressalta o dr. Nabih El Aouar.

Nesse sentido – ele diz – a gestão será focada na integração e união dos neloristas de todo o país. “Em nossa gestão à frente da Associação Capixaba dos Criadores de Nelore (ACCN), conseguimos fazer muito pelo Nelore no Espírito Santo, cujo rebanho representa apenas 1% do total nacional. Se conseguimos lá, certamente teremos resultados exponencialmente mais expressivos em âmbito nacional”, explica o novo presidente da ACNB.

Integração e união são, assim, palavras de ordem da nova diretoria da Associação dos Criadores de Nelore do Brasil. “Queremos contaminar os neloristas, fortalecer em alguns e despertar em muitos a paixão pela raça, suas características e qualidades indiscutíveis”, diz o dr. Nabih. “Para isso, vamos nos concentrar em sua contribuição em todos os elos da cadeia produtiva da carne bovina – da genética ao alimento no prato”.

Esse trabalho começa com a formação da nova diretoria da ACNB, composta por criadores apaixonados pelo Nelore, que serão os multiplicadores das mensagens da ACNB por todo o país. “Contamos com companheiros valorosos. Com eles, trabalharemos para envolver as equipes, os associados e os criadores anônimos, verdadeiros responsáveis por fazer do Nelore a fortaleza que ele é. Nossa força coletiva é impressionante. Precisamos remar na mesma direção”.

Veja também  Governo publica edital para recuperar rodovias em Mato Grosso

Além disso, a nova diretoria, com diretores de diferentes perfis de atuação na atividade, pretende estar sempre em contato com os criadores de todo o país, ouvindo críticas e colhendo sugestões que direcionem o trabalho da entidade, a fim de que ela atenda às expectativas dos associados e promova a raça.

A ACNB também intensificará a atração de diferentes elos da cadeia para esse trabalho coletivo em prol da pecuária nacional. Isso inclui instituições e pessoas. Parcerias com outras entidades de classe serão incentivadas, assim como a multiplicação de conhecimento – inclusive para os jovens em formação, com estágios, cursos técnicos e eventos para discussão dos caminhos da pecuária. “Esse movimento é transformador e positivo para todos os envolvidos”, destaca o dr. Nabih El Aouar.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: