Após as quedas observadas na maioria das regiões pesquisadas pela Scot Consultoria, o mercado do boi gordo começa a retomar a firmeza nos preços ofertados pela arroba.

A dificuldade na compra de boiadas e a melhora das margens de comercialização das indústrias têm colaborado com este cenário.

As programações de abate pouco evoluíram nos últimos dias e, em São Paulo, atendem em torno de cinco dias. Vale ressaltar que parte das indústrias está pulando dias de abate e com a ociosidade alta.

Os frigoríficos de maior porte, que possuem parcerias e contratos de boi a termo, conseguem manter as escalas de abate mais alongadas.

No mercado atacadista de carne com osso, a oferta limitada permite que as indústrias mantenham os preços firmes. O boi casado de animais castrados ficou cotado em R$8,73/kg (25/8).

Fonte: Scot consultoria

Veja também  Dólar avança sobre real com tensão renovada no governo

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.