Mercado Financeiro

Desempenho do frango (vivo e abatido) na 6ª semana do ano de 2021

Após significativa alta no início da semana – de mais de 3% de segunda para terça-feira – o frango abatido sofreu baixas sucessivas nos três dias subsequentes e, com isso, terminou a semana praticamente como começou.

De toda forma alcançou no período valor médio cerca de 2,5% superior ao registrado na primeira semana de fevereiro e, também, o melhor desempenho das seis primeiras semanas de 2021.

Siga-nos: Facebook | Instagram | Youtube

Melhor resultado dos últimos três meses, a média mensal ora registrada – R$5,53/kg – se iguala à de outubro do ano passado. Ou seja: ainda permanece aquém dos R$5,75/kg alcançados no mês de novembro, melhor resultado da história do setor.

Apesar das baixas, o frango abatido permaneceu demandado na semana e, com isso, favoreceu novo reajuste do frango vivo , agora cotado em R$4,50/kg, valor que faz com que a média do mês seja de R$4,39/kg, terceira maior média mensal de todos os tempos (aquém, apenas, dos valores alcançados em novembro e dezembro passado, R$4,57/kg e R$4,46/kg, respectivamente).

Leilão online: Empresa em MT inova com transmissão ao vivo e interatividade

A expectativa, agora, é com o comportamento do mercado a partir desta semana. E não apenas porque a primeira quinzena do mês chega ao fim, mas sobretudo porque na próxima quarta-feira começa a Quaresma, período em que, normalmente, refluem os preços de todas as carnes e a demanda se volta para o ovo.

A torcida é para que isso não ocorra em 2021. Afinal, se não está havendo Carnaval, quem sabe o consumo fuja à marcha tradicional e permaneça nos níveis atuais.

Por Avisite

AGRONEWS – Informação para quem produz

peixe br
Mostrar mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo