Mercado Financeiro

Desempenho de exportação das carnes na 2ª semana do mês de outubro

Dentro do esperado, a receita cambial das carnes da segunda semana de outubro (6 a 12, cinco dias úteis) sofreu diluição, recuando mais de 10% em relação à semana inicial do mês

Com isso, a média dos nove primeiros dias úteis de outubro recuou em relação à semana anterior, situando-se em US$76,8 milhões, valor 26,7% e 28,2% superior ao do mês anterior e ao do mesmo mês de 2018.

Idêntica diluição atinge os volumes embarcados, agora ligeiramente aquém dos projetados uma semana atrás. Assim, para a carne suína pode ser prevista, agora, exportação de 73,3 mil toneladas, aumento mensal e anual de 47,4% e 35,05%.

A carne bovina sinaliza embarque de 188,8 mil toneladas, 52,6% e 38,86% a mais que o exportado há um mês e há um ano. E a carne de frango projeta volume total de 384,5 mil toneladas, 28,6% e 13,75% de incremento sobre o mês anterior e o mesmo mês de 2018.

A destacar que em relação a outubro de 2018 as três carnes seguem com evolução positiva no preço médio. Mas, em comparação a setembro último, o incremento (de 2,71% e 3,31%, respectivamente) se limita às carnes suína e bovina. Ou seja: o preço da carne de frango segue em queda, registrando no momento redução de quase 4% sobre o mês anterior.

Fonte: Avisite

Etiquetas
Continuar lendo

Comente esta matéria

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar