GeralGoverno de MT

Deficientes físicos recebem cadeiras de rodas motorizadas no Cridac

O Centro de Reabilitação Integral Dom Aquino Correa (Cridac) entregou, durante os dias 29, 30 e 31 de outubro, cadeiras de rodas motorizadas aos pacientes que solicitaram auxílio do equipamento de locomoção na unidade.

Ao todo, 40 cadeiras foram entregues. A iniciativa faz parte de um convênio entre o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), e o Ministério da Saúde, que viabilizou a compra do equipamento para as pessoas com deficiência.

“Por meio de ações como essa, o Governo do Estado leva mais qualidade de vida às pessoas que precisam de uma cadeira de rodas motorizada. A SES-MT e a valorosa equipe do Cridac buscam transformar, para melhor, a vida desses pacientes”, declarou o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo.

Para otimizar o fluxo de entrega e organizar o processo, a unidade dividiu o número total de pacientes em grupo de 10 pessoas e por cada período. A logística foi necessária para ofertar uma atenção especial a cada paciente que recebeu a cadeira.

Deficientes físicos recebem cadeiras de rodas motorizadas no Cridac 2

Um dos pacientes beneficiados com a cadeira de rodas é Luis Lopes Neves, artesão de 55 anos, morador da cidade de Guiratinga (a 332km de Cuiabá). Ele disse que o equipamento chegou em boa hora e relatou os benefícios que a cadeira motorizada vai proporcionar na sua rotina diária.

“A partir de agora, muda tudo na minha vida. É como se você tivesse renascendo para a vida, vou ter o direito de fazer tudo o que não conseguia fazer. Sem a cadeira motorizada, eu dependo da minha esposa para me levar, empurrar minha cadeira para os locais mais longes. Hoje, com a motorizada, estou livre. É como seu tivesse saído de uma prisão para uma liberdade, autonomia total da minha vida”, disse.

Após receber a cadeira, todos passam por um treinamento básico para receber as orientações técnicas de pilotagem, com atenção especial ao comando de botões do painel de controle.

A diretora do Cridac, Patrícia Dourado, explicou que essa instrução de pilotagem é realizada nas rampas dos corredores que fica dentro da própria unidade e que, na fase final do processo, o cadeirante recebe uma declaração que está apto para pilotar a cadeira.

“Eles passam por um treinamento e vão receber orientações sobre o manuseio da cadeira, o carregamento das baterias e o funcionamento total dela. Depois, eles passam por um treinamento, vão subir, vão descer rampa e fazer todo o movimento necessário. Após esse processo, os pacientes recebem uma declaração de que estão aptos, livres para andar com essa cadeira”, explicou.

O equipamento é movido à bateria recarregável por energia elétrica e possui autonomia para 30 quilômetros. Ainda de acordo com a diretora do Cridac, está prevista a entrega de mais cadeiras, visto que “a unidade ainda possui cerca de 30 processos para serem avaliados”.  

Deficientes físicos recebem cadeiras de rodas motorizadas no Cridac 3

Atualização de dados pessoais do paciente

Uma das dificuldades enfrentadas pela equipe do Cridac é a localização dos pacientes que aguardam a convocação para receber as cadeiras. Os números mostram que um total de 200 pessoas fizeram o cadastro para receber o equipamento, mas não foram encontradas.

Essa situação ocorre porque o paciente trocou de número e não informou o seu novo contato. Pacientes que estiverem nesta situação devem procurar o Cridac para solicitar atualização dos dados pessoais no sistema ou ligar para a unidade.

Serviço

O Cridac é uma unidade especializada no atendimento de pessoas com deficiência. O prédio fica localizado na Rua G, s/n – Bloco A – Centro Político Administrativo. O horário de atendimento é de segunda à sexta-feira, das 7h às 17h. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: (65) 3613-1928.

Continuar lendo

Comente esta matéria

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar