Notícias

Cúpula do G20 se reuni hoje com foco na tensão comercial

Líderes das principais economias mundiais se encontram em Buenos Aires; ‘guerra comercial’ entre EUA e China e seus efeitos sobre outros países devem dominar discussões

 

Começa nesta sexta-feira (30) em Buenos Aires, na Argentina, e termina no sábado (1º) o encontro das 20 maiores economias do mundo, a cúpula do G20. A expectativa é que a “guerra comercial” e as preocupações com o crescimento da economia mundial se destaquem entre as principais discussões.

Alguns dos principais líderes mundiais já desembarcaram em Buenos Aires. A capital argentina, que destacou 24 mil agentes de segurança para trabalhar no evento, recebe os presidentes dos Estados Unidos, Donald Trump; da Rússia, Vladimir Putin; da China, Xi Jinping; o príncipe saudita Mohammad bin Salman, entre outros. As autoridades estimam a participação de cerca de 15 mil pessoas, incluindo 3 mil jornalistas, na cúpula.

O encontro de líderes do G20 completa 10 anos. O primeiro aconteceu em 2008, em meio às preocupações causadas pela crise financeira iniciada no mercado imobiliário norte-americano.

A Argentina recebe o evento em meio a tentativas de conter a crise financeira que está enfrentando, que levou o país a pedir socorro novamente ao Fundo Monetário Internacional (FMI).

O começo do encontro deve ser marcado por manifestações. Para esta sexta, movimentos sociais argentinos convocaram protesto contra o encontro, que foi autorizada pelo governo do país. O ato deve percorrer as avenidas 9 de Julio e De Mayo, com destino à Plaza de los dos Congresos. O líder social argentino Juan Grabois promete uma “mobilização pacífica e em massa” na sexta para criticar o G20.

 

Por G1

Etiquetas
Continuar lendo

Comente esta matéria

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar