Cuiabá foi a terceira cidade a receber a segunda edição do Ciclo de Palestras Bioma Pantanal, realizado pela Embrapa Pantanal, Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) e Senar – MT com o apoio da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat) e sindicatos rurais dos municípios de Cáceres, Poconé, Rondonópolis e Cuiabá

 

Na ocasião, os pesquisadores Urbano Gomes e Juliana Borges, da Embrapa Pantanal, abordaram questões como o uso de sêmen refrigerado na inseminação artificial em tempo fixo (IATF) e outras biotecnologias que podem aprimorar os resultados da reprodução bovina na fazenda, assim como os resultados econômicos de sistemas intensificados no Pantanal. Já o analista de pecuária Marcos de Carvalho, da Famato, falou sobre estratégias para combate à brucelose bovina no estado.

Assista a depoimentos dos participantes aqui:

Veja também  O Futuro do leite em debate na Megaleite

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: