O produtor Adilson Reich, dono do Criatório Senepol Luar, em Campo Grande (Mato Grosso do Sul), vem fazendo uso, com sucesso, da ultrassonografia em seu rebanho de animais da raça Senepol (de corte).

O objetivo é avaliar a qualidade da carne e identificar quais animais podem ser identificados como de alto padrão genético.

Com o exame, segundo o produtor, é possível saber qual a espessura da gordura na picanha, a qualidade da carne, o tamanho corporal e o desempenho do animal. “A ultrassom contribui na identificação de animais rentáveis”, diz Reich e acrescenta: conseguimos selecionar animais que chegam precocemente à puberdade, tornando-se reprodutores mais jovens e com qualidade garantida”.

A ultrassonografia normalmente é utilizada para a classificação de touros, matrizes e reprodutores. Além disso, é usada também em fêmeas para mapear o potencial genético de suas matrizes visando à produção de carcaça (carne com osso) de qualidade.

Por: Adeildo Lopes Cavalcante – Animal Business

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: