Mais uma semana na qual os preços da carne bovina não ganham firmeza no atacado. Nos últimos sete dias os cortes desvalorizaram em média, 0,1%

 

Se por um lado o aumento da oferta de gado confinado ajudou a amenizar o custo de produção dos frigoríficos, por outro, a demanda interna tem tido dificuldade para absorver este aumento da produção de carne.

Além disso, a desvalorização do dólar frente ao real tem estreitado a margem das indústrias. Este cenário tem diminuído a competitividade da carne bovina brasileira no mercado internacional e pode prejudicar a atratividade da exportação daqui para frente.

Mas para os próximos dias (segunda quinzena de outubro) as desvalorizações podem ser mais consistentes, ainda mais se houver algum estoque remanescente que teria como destino o mercado externo.

 

Fonte: Scot Consultoria

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: