Após uma semana de alta, o cenário foi de estabilidade no mercado varejista de carne bovina

Em São Paulo, no Paraná e em Minas Gerais, na média de todos os cortes vendidos nos supermercados e no varejo, os preços da carne ficaram praticamente inalterados nos últimos sete dias. Somente no Rio de Janeiro houve ajuste negativo de 0,1%.

E durante mais uma semana a margem de comercialização dos mercados varejistas de São Paulo tem crescido em função das quedas no atacado. Atualmente a margem está em 65,8%. É a maior diferença desde setembro do ano passado.

Para os próximos dias fica a expectativa quanto ao comportamento das vendas em curto prazo devido aos recebimentos dos salários da próxima semana.

Fonte: Scot Consultoria

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.