Diárias de Mercado

Café: No Brasil recuo externo pressiona valores e liquidez segue em baixa

Atualizado em

A forte queda internacional pressionou os valores do café arábica nos últimos dias

 

Assim, segundo pesquisadores do Cepea, o ritmo de negócios continua lento. Nessa terça-feira, 13, o Indicador CEPEA/ESALQ do café arábica tipo 6 bebida dura para melhor, posto na capital paulista, fechou a R$ 435,63/saca de 60 kg, baixa de 2,2% em relação à terça anterior, 6. Quanto às exportações brasileiras de café, seguem firmes, atingindo novo recorde nesta temporada (2018/19).

Segundo dados do Cecafé (Conselho dos Exportadores de Café), em outubro, os embarques totais (considerando-se grão verde, torrado e moído e solúvel) somaram 3,7 milhões de sacas, avanço de 20% em relação a setembro e de 29% frente a outubro do ano passado. A quantidade embarcada em outubro foi a maior mensal, tomando-se como base toda a série histórica do Cecafé, iniciada em 1990.

Veja também:  Café: bolsa de Nova York opera com leve alta nesta 2ª feira

Fonte: Cepea

Artigo AnteriorPróximo Artigo

Comente esta matéria

Obrigado por compartilhar este conteúdo. Agora é importante que nos siga nas redes sociais para receber atualizações e participar ativamente do AGRONEWS BRASIL.

Send this to a friend