Diárias de Mercado

Café: na Bolsa de Nova York, cotações seguem em baixa nesta 3ª feira

Nesta terça-feira (5) o mercado futuro do café iniciou as cotações com baixas técnicas na Bolsa de Nova York (ICE Futures US). Por volta das 8h49 eram registradas baixas de até 45 pontos

O contrato com vencimento em dezembro/19 tinha queda de 45 pontos e era negociado a 103,20 cents/lbp, março/20 registrava baixa de 45 pontos e negociação a 106,80 cents/lbp. Maio/20 também caia 45 pontos, com cotação a 109,05 cents/lbp e julho/20 caia 40 pontos, iniciando o dia por 111,15 cents/lbp.

Às 8h52 (horário de Brasília) o dólar registrava alta de 0,43% e era cotado a R$ 4,012 no valor para venda. O Brasil é o maior produtor e exportador de café do mundo e quando a moeda americana está mais valorizada, acaba encorajando as vendas dos cafeicultores brasileiros para exportações.

Na segunda-feira (4) o Brasil acompanhou o exterior e registrou pequenas variações.

O tipo 6 duro teve a maior variação registrada em Espírito Santo do Pinhal/SP, com elevação de 2,33% e sendo cotado a R$ 440,00. Apesar de manter a estabilidade, o maior valor de negociação foi registrado em Guaxupé/MG, por R$ 445,00. Em Poços de Caldas/MG a alta foi de 0,47% e negociação finalizada por R$ 432,00.

Por AGRONEWS BRASIL Fonte: Notícias Agrícolas

Etiquetas
Continuar lendo

Comente esta matéria

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar