Os contratos futuros do café arábica na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) operam com alta de mais de 100 pontos nesta manhã de quinta-feira (19) e estendem os ganhos da véspera

O mercado externo acompanha informações sobre o clima no Brasil, já que as lavouras do país estão em plena florada e não há previsão de chuvas nos próximos dias.

Por volta das 09h20 (horário de Brasília), o contrato dezembro/17 estava cotado a 125,35 cents/lb com alta de 105 pontos, o março/18 subia 110 pontos, a 129,20 cents/lb. O contrato maio/18 operava com avanço de 110 pontos e estava sendo negociado a 131,65 cents/lb e o julho/18 tinha valorização de 120 pontos, cotado a 134,15 cents/lb.

“Precipitações abaixo do normal são esperadas na maior parte de Minas Gerais, Espírito Santo e Bahia. Chuvas acima do normal provavelmente devem ocorrer no extremo sul de Minas Gerais, São Paulo e Paraná”, disse à Reuters internacional nesta quarta a MDA Information Systems em uma previsão de seis a dez dias para as regiões cafeeiras do Brasil.

No Brasil, por volta das 09h20, o tipo 6 duro era negociado a R$ 440,00 a saca de 60 kg em Espírito Santo do Pinhal (SP) – estável, em Guaxupé (MG) os preços também seguiam estáveis a R$ 430,00 a saca e em Poços de Caldas (MG) estavam sendo cotados a R$ 434,00 a saca. Os negócios no mercado interno seguem acontecendo de forma lenta acompanhando o cenário externo de preço.

Fonte: Notícias Agrícolas

Veja também  Exportações brasileiras de milho ainda podem atingir recorde

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: