Os contratos futuros do café arábica na Bolsa de Nova York (ICE Futures US) operam com alta próxima de 200 pontos nesta manhã de quinta-feira (25)

O mercado tem suporte das informações sobre as chuvas na Colômbia, segundo maior produtor da variedade, e também diante de um dólar menos valorizado no Brasil na véspera.

Por volta das 09h30 (horário de Brasília), o contrato março/18 estava cotado a 124,35 cents/lb com alta de 185 pontos, o maio/18 subia 185 pontos, a 126,75 cents/lb. Já o vencimento julho/18 trabalhava com avanço de 180 pontos, negociado a 129,10 cents/lb, e o setembro/18 subia 180 pontos, cotado a 131,50 cents/lb.

Após repercutir o otimismo com a safra brasileira, o mercado tem suporte desde ontem das informações sobre chuvas afetando a colheita na Colômbia e com oscilações cambiais importantes. O dólar no Brasil despencou 2,44% na véspera, fechando o dia cotado a R$ 3,1590 na venda. Menor patamar desde 13 de outubro com investidores repercutindo o julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

No Brasil, no último fechamento, o tipo 6 duro era negociado a R$ 440,00 a saca de 60 kg em Espírito Santo do Pinhal (SP) – estável, em Guaxupé (MG) os preços também seguiam estáveis a R$ 440,00 a saca e em Poços de Caldas (MG) estavam sendo cotados a R$ 437,00 a saca.

Fonte: Notícias Agrícolas

Veja também  Café: Arábica continua movimento de leves quedas em NY na manhã desta 5ª feira

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: