O escoamento da carne não vai bem, aliás nem a virada de mês foi suficiente para sustentar a arroba do boi gordo até agora

Por outro lado, a oferta não está abundante e também há resistência por parte dos pecuaristas em entregar as boiadas com preços abaixo da referência.

Diante desse cenário todo o mercado ficou sem viés definido, nesta terça-feira (6/3).

Em algumas praças a oferta restrita fala um pouco mais alto e as indústrias são obrigadas a ofertar preços acima da referência, como consequência as cotações se elevam.

Já em outras praças, quem dita o rumo das cotações é o lento escoamento, e nesse caso as indústrias ofertam preços abaixo da referência, puxando as cotações da arroba do boi gordo para baixo.

Para o curto prazo fica a expectativa de como a demanda irá se comportar. Se não houver uma reação no consumo, não há como a arroba do boi gordo ganhar firmeza.

Fonte: Scot Consultoria

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: