A virada de mês, somada a dificuldade de comprar boiadas, surtiu efeito, principalmente em São Paulo

No estado, a pouca disponibilidade de bovinos terminados apertou as escalas de abate dos frigoríficos. E como a maioria das indústrias procura gado para os primeiros dias da próxima semana, as ofertas de compra ganharam força.

Na comparação dia a dia, a arroba do boi gordo paulista subiu na última quarta-feira (30/1) e ficou cotada em R$152,00, à vista, livre de Funrural. O cenário só não está mais firme pois a boa oferta de vacas e novilhas tem “segurado” o mercado.

Contudo, a expectativa de sustentação no mercado paulista do boi permanece, pois a oferta de gado está baixa em Goiás e Mato Grosso do Sul, onde as cotações também subiram.

Ou seja, os frigoríficos de São Paulo também estão com dificuldade para trazer gado de estados vizinhos, fator que pode colaborar com valorizações da arroba.

Fonte: Scot Consultoria

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.