De um lado, a boa condição das pastagens permite que os pecuaristas segurem os animais na fazenda e aguardem melhores negócios

 

De outro, os frigoríficos não têm interesse em alongar as escalas e compram de forma comedida. Além disso, com o intuito de controlar os estoques, abatem volume menor de animais.

O resultado são preços travados e pouca movimentação no mercado do boi gordo.

Em São Paulo, a cotação do boi gordo ficou em R$143,00/@, à vista, livre de Funrural (10/4). Queda de 0,3%, frente ao fechamento de segunda-feira (9/4).

Tentativas de compra abaixo da referência são comuns no estado e na maioria das praças pecuárias pesquisadas.

Fonte: Scot Consultoria

Veja também  Leite: Preços do UHT e muçarela sobem neste início de abril

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: